Gostou? Então espalha pra galera!

"Há muito tempo que ela não sorria tão espontaneamente. Há muito tempo que ela não sentia tamanha vontade de viver, de ser feliz, de fazer as coisas boas da vida. Não, ela não está apaixonada… ela simplesmente se desapegou das coisas que não lhe faziam bem."

Carinhos Guardados ♥

Mais Lidas ♥

Porque Escolhi Direito (Luandra Rodrigues)

Longe de querer ser uma guia, com dicas e técnicas para escolher um curso superior, pretendo contar-lhes como escolhi prestar vestibular para Direito.
Escolher um curso, no meio de um ano de vestibular, é bem complicado, principalmente quando não dispomos de fontes próximas com informações importantes acerca dos cursos. E haviam se passado três anos desde que terminei o ensino médio, fiz cursinho um ano e meio e nada havia decidido.
Mais que um relato, espero que sirva como base de incentivo para quem não tem certeza quanto a que curso prestar no vestibular.
Em primeiro lugar, escolhi alguns cursos que NÃO faria. Retirando, no primeiro momento, todos os cursos de exatas, biológicas e saúde ficando com as humanas.
Dentro de humanas e fazendo uma nova desclassificação do que não me interessava fiquei com Administração e Direito.
Administração por que é um curso que eu teria mais acesso a ele por se tratar de um curso que é oferecido pela UEG em minha cidade e meus pais sempre diziam que era um curso que tem relação com história, português.
Então comecei a estudar mais cálculos, analise tudo muito objetivo. No inicio empolguei, pois meu sonho era entrar logo em uma Universidade.
Direito já aproximava mais dos conteúdos que me chamava a atenção.
Depois procurei informações sobre as carreiras de cada curso, mercado de trabalho, possibilidade de crescimento e principalmente, procurei descobrir as “coisas chatas” de cada uma das carreiras. Novamente encontrei pontos favoráveis ao Direito.
Passei, depois, a procurar pessoas que conhecessem os cursos e pudessem me dar mais informações.
 Conversei com uma amiga que fazia Direito, ela me relatou maravilhas do curso. Conversei com meu namorado e ele me deixou mais encantada pelo curso, pois mesmo fazendo Medicina ele gostava do curso de Direito, me dizia que Direito dava base para tudo, inclusive para concursos, é um campo muito amplo dizia ele.
Bom chegou o grande dia ao entrar na UEG para prestar o vestibular para Administração, me senti muito aflita, pois aquela prova era decisiva para meu futuro, pedi a Deus naquele momento que me ajudasse, pois a dúvida continuava em relação ao curso. Mas eu pedi a Deus que se tivesse que ser aquele curso que ele abriria todas as portas. Mas o resultado chegou e eu não havia passado, nunca achei tão bom não passar em uma prova, pois sentindo aquela pressão vi que não era aquilo que eu realmente queria.
Então prestei o vestibular para Direito no meio do ano em 2009/2 lembro como se fosse hoje, da alegria que me consumia desde o dia da aplicação da prova até o resultado dela. Por fim consegui o que eu realmente queria passar no curso de Direito e quem sabe no futuro não tão longe ser uma Juíza, Promotora ou até mesmo advogar se assim Deus me permitir!